O Indicador Geral de Clima Económico (ICE) em Angola continua a registar valor negativo. No I trimestre 2019 sofreu uma ligeira melhoria, subindo de -12 para -9 relativamente ao IV trimestre 2018, sendo a cifra mais alta desde o III trimestre 2015. Na ficha de informação divulgada pelo INE, apresentam posições de destaque os sectores da Comunicação e Indústria Extrativa, que viram a confiança subir, respetivamente, para 37 e 1, máximos desde o I trimestre de 2015 e III trimestre de 2014.

Angola deve assim preparar-se para nova recessão.

Fonte: publicação do Gabinete de Estudos Económicos do BFA, Cidadela