ALERTA: Produção petrolífera de Angola é revista em baixa e continua a decrescer – Relatório OPEP.

Posted by

Angola produziu 1,471 milhões de barris de petróleo por dia (mbpd) em Maio, um aumento de 74 mil barris face a Abril, segundo o relatório mensal da Organização de Países Exportadores de Petróleo.

Os valores publicados esta quinta-feira, com base em dados de fontes secundárias, divergem dos verificados pelas comunicações directas.

Fontes Secundárias:

O relatório do cartel petrolífero demonstra que ao nível das fontes secundárias, embora a produção de ouro negro do país lusófono tenha registado um incremento, foi revista em baixa com correções para os meses de Abril e Maio, onde havia apresentado no documento transacto, 1,454 mbpd e 1,413 mbpd, respetivamente, mas passa a constar 1,447 mbpd e 1,397 mbpd, portanto, uma quebra de 23 mbpd, o que se traduz numa redução média de 9 mil barris diários para os cinco primeiros meses de 2019 .

Comunicações Directas:

A análise da OPEP refere também que em termos de comunicações diretas, Angola terá produzido em Maio 1,462 milhões de barris de petróleo por dia, mais 70 mbpd quando comparado ao mês anterior, mas continua a viver um ciclo de perdas médias de 8 mil barris dia.

Lagos cimenta liderança

A Nigéria, maior produtor africano de petróleo, continua assim a consolidar a liderança continental.

Segundo a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e tendo como base fontes secundárias, Lagos viu a sua capacidade diária decrescer em 92 mil barris de crude, alcançando os 1,713 milhões de barris por dia em Maio, embora no mesmo exercício as comunicações directas revelem um incremento de 41 mbpd.

Fonte: OPEP

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.