COMUNICAÇÃO: Oi decidida em vender participação na UNITEL.

Posted by

A Oi, empresa brasileira que detém participação de 25% na Unitel quer cumprir a meta prevista no seu plano estratégico de negócios e desfazer-se da participação na empresa angolana.

A negociação, segundo a telefônica brasileira que tem em execução um Plano de Recuperação Judicial onde está previsto a redução do passivo da companhia, através da conversão de 72,12% da dívida suportada pelos credores, aos quais serão concedidos direitos sobre a empresa, decorre com diversos interessados.

A Oi encerrou o exercício financeiro de 2017 com um prejuízo de 6,365 mil milhões de reais (em torno de 1,46 mil milhões de euros).
No mesmo período a dívida líquida era de 47,621 mil milhões de reais (10,91 mil milhões de euros) em 2017.

Falar sobre Unitel é falar sobre a mulher angolana e… sobre Isabel dos Santos.

  • A Unitel emprega actualmente 1.190 mulheres, o que corresponde a 37,4% dos seus quadros.
  • Dos 1.190 quadros femininos da Unitel, cerca de 84% têm um curso universitário ou estão a frequentar o ensino superior, o que reflecte a estratégia da operadora na captação de talento jovem qualificado. Mais de 29% dessas colaboradoras têm menos de 30 anos de idade e têm uma representatividade de 40% no núcleo de gestores.
  • Cinco mil postos de trabalho directos e indirectos foram criados em todo o país pela operadora.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.