UNITEL escolhe novo PCA na assembleia geral de quarta-feira.

Posted by

Em declarações à agência Lusa, a diretora-geral adjunta para os Assuntos Corporativos da UNITEL, Eunice de Carvalho, nada quis adiantar sobre a assembleia-geral, limitando-se a indicar que o que quer que aconteça de “relevante” na reunião será comunicada posteriormente aos “clientes, Governo e público”.

Em causa está a eleição do novo PCA da UNITEL, empresa que, em março, elegeu um novo Conselho de Administração, em que a empresária angolana Isabel dos Santos, deixou a Presidência, mas manteve-se na administração.

Mais tarde, em maio, na primeira reunião após a renovação do CA, os quatro acionistas não chegaram a um acordo quanto ao nome do PCA, tendo a opção sido tomar uma decisão na próxima assembleia-geral, entretanto, marcada para quarta-feira.

A UNITEL conta como acionistas com as empresas PT Ventures, Sonangol, Vidatel e Geni, todas com igual participação acionista de 25%.

Isabel dos Santos, através da participação na Vidatel, é a PCA da operadora, enquanto o general Leopoldino Fragoso do Nascimento (grupo Geni, era presidente da mesa da assembleia-geral da empresa.

“[Novo PCA] Não aconteceu ainda [a Assembleia Geral]. O que posso dizer é que, da parte da UNITEL, tudo aquilo que façamos que seja relevante para os clientes, Governo e público será divulgado na devida altura”, respondeu hoje Eunice de Carvalho à questão da Lusa.

A 19 de março, Isabel dos Santos foi reeleita por unanimidade para o conselho de administração da UNITEL para o período 2019/21, após presidir como PCA a empresa desde 2012.

No comunicado então divulgado, foi indicado que o novo conselho de administração, que integra mais quatro nomes – Amílcar Safeca, Miguel Geraldes, João Boa Quipipa e Luiz Rosa -, deveria entrar em funções até 06 de maio, o que se verificou, com o presidente, nos termos previstos da lei, a ser eleito na primeira reunião, o que não aconteceu.

Na reunião de março, adicionalmente, foi indicado para diretor-geral Miguel Geraldes, de nacionalidade portuguesa, que se juntou à UNITEL vindo da representação na África do Sul da empresa chinesa Huawei, tendo também desempenhado, durante nove anos, o cargo de Managing Director da MTC Namíbia, a operadora de telecomunicações namibiana.

Miguel Geraldes sucedeu a Antony Dolton, que desempenhou, desde a sua nomeação, em 2013, um papel extremamente importante no crescimento da empresa e na sua consolidação como líder no setor de telecomunicações em Angola, lia-se então no documento.

Fonte: Lusa, DN

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.