PETRÓLEO: Ouro negro completa melhor mês desde janeiro.

Posted by

O petróleo está a negociar sem uma tendência definida esta sexta-feira, numa altura em que o mercado aguarda pela reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) que arranca em Viena, na segunda-feira, e onde os produtores deverão decidir se estendem os cortes na produção. Se houver acordo para prolongar os cortes entre os membros do cartel e os outros produtores que completam o grupo OPEP+, a matéria-prima deverá reagir em alta nos mercados internacionais.

Nesta altura, o West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, desvaloriza 0,05% para 59,40 dólares, enquanto o Brent, transacionado em Londres, sobe ligeiros 0,18% para 66,67 dólares.

Apesar desta descida do WTI, o crude de Nova Iorque deverá fechar este mês de junho com uma valorização superior a 10%, a mais acentuada desde janeiro, mês em que a matéria-prima acumulou um ganho superior a 18%. Desde o início do ano, a subida aproxima-se dos 30%. No caso do Brent, a subida mensal será de pouco mais de 3%, enquanto os ganhos acumulados no ganho ascendem a 23%.

O petróleo tem beneficiado das tensões geopolíticas entre os Estados Unidos e o Irão e da descida dos inventários de crude norte-americanos, que ainda na semana passada registaram a maior queda desde 2016.

Fonte: Jornal de Negócios

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.