O petróleo está a negociar em alta ligeira nos mercados internacionais, a reagir aos dados divulgados pelo Instituto do Petróleo Americano que mostram que as reservas de crude dos Estados Unidos voltaram a cair na semana passada, em cerca de 5 milhões de barris. Os dados oficiais da Administração de Informação de Energia serão revelados esta quarta-feira.

A matéria-prima está, ainda assim, longe de recuperar da forte queda registada na sessão de ontem – superior a 4% – dia em que as preocupações sobre a evolução da economia global anularam o otimismo com a decisão da OPEP de prolongar os cortes na produção por nove meses.

De acordo com a Bloomberg, foi a maior descida do petróleo no seguimento de uma reunião da OPEP desde novembro de 2014.

Em Nova Iorque, o WTI avança 0,28% para 56,41 dólares, enquanto em Londres, o Brent sobe 0,21% para 62,53 dólares.

Fonte: Jornal de Negócios