Os altos responsáveis pelo futebol inglês querem que os adeptos assistam a todos os jogos ao vivo e, de acordo com o “The Times”, já existem propostas para os jogos serem transmitidos gratuitamente nos canais Sky Sports e YouTube da BT Sport. No entanto, nem todos os encontros serão transmitidos ao mesmo tempo para aumentar os números de audiência.

Com todos os clubes que constituem a primeira liga inglesa de futebol (Premier League) comprometidos a retomar a temporada, as discussões para colocar em prática o ‘Project Restart’ estão em andamento e tudo indica que as transmissões dos jogos vão ser disponibilizadas em canal aberto que, segundo o “Soccerex”, acontecerá no Youtube.

Está marcada para hoje, dia 11 de maio, uma votação com os responsáveis pela Premier League, cujo objetivo avaliar as propostas para a retoma da temporada 2019/2020 da primeira liga inglesa, na sequência do anúncio do governo britânico que irá implementar medidas com vista à saída do confinamento motivado pela pandemia de Covid-19.

Os altos responsáveis pelo futebol inglês querem que os adeptos assistam a todos os jogos ao vivo e, de acordo com o “The Times”, já existem propostas para os jogos serem transmitidos gratuitamente nos canais Sky Sports e YouTube da BT Sport. No entanto, nem todos os encontros serão transmitidos ao mesmo tempo para aumentar os números de audiência.

Atualmente, a Premier League está sob pressão para terminar a temporada e proteger os 762 milhões de libras (868 milhões de euros) respeitantes aos direitos televisivos que, de outra forma, teriam que ser reembolsados ​​às emissoras.

Dos 92 jogos da primeira divisão inglesa que faltam disputar, 47 estão planeados para serem transmitidos na Sky – que detém a maioria dos direitos de transmissão. Os outros 45 terão que ser divididos entre a Sky, BT e Amazon Prime, que também são detentoras de parte dos direitos televisivos, embora não houvesse planos de dar à Amazon Prime mais jogos para transmitir esta temporada devido à proporção de encontros que foram contratados para transmitir.

Outro dos problemas prende-se com a possibilidade de não haver descidas de divisão, algo que as emissoras se opõem veemente, uma vez que caso não existam equipas a descer à segunda divisão inglesa isso poderá fazer com que alguns jogos ainda por disputar não tenham valor competitivo, segundo o “The Times”. Até agora, seis clubes tentaram bloquear o ‘Reinício do Projeto’, com o objetivo de cancelar as descidas sejam e impedir que a temporada seja retomada.

Oliver Dowden, secretário da cultura britânico, revelou no mês passado que já tinha conversado com a Premier League sobre a questão da cobertura televisiva, na altura afirmou que “não seria o melhor sinal se eles fossem um dos primeiros desportos importantes a retomar a atividade de portas fechadas, e que o público em geral não tivesse acesso às transmissões”.

Fonte: Abola