O fundador e CEO do Facebook está preocupado que a situação venha a criar um precedente.

Seria de esperar que o fundador e CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, visse com bons olhos o facto de um dos seus maiores rivais, o TikTok, estar a atravessar dificuldades nos EUA mas não parece ser esse o caso.

Na verdade, Zuckerberg parece preocupado com o que a situação do TikTok pode representar daqui para a frente. “Penso que a longo-prazo é um precedente muito mau e [é uma situação] que precisa ser lidada com o maior cuidado e gravidade, seja qual for a solução. Estou muito preocupado…pode muito bem ter consequências a longo-prazo em outros países espalhados pelo mundo”, terá dito Mark Zuckerberg.

A empresa responsável pelo TikTok, a ByteDance, está à procura de um comprador para a sua filial norte-americana e pode ter na Microsoft uma potencial parceira de negócio. Entretanto, o Presidente dos EUA, Donald Trump, assinou uma Ordem Executiva onde bloqueia todas as transações do TikTok no país.


Fonte: Notícias ao minuto